quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Mostra Fotográfica "Terra Sem Males"

O programa Universidade Sem Fronteiras apresenta a Mostra Fotográfica "Terra Sem Males" que documentou o dia a dia de bolsistas e pessoas das comunidades que receberam os benefícios do USF. O trabalho é do fotógrafo da Seti, Joka Madruga.




O evento acontecerá no térreo do Palácio das Araucárias, em Curitiba, no dia 07 de dezembro às 20h. A mostra ficará exposta até o dia 17 do mesmo mês.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Fotos - Jornada de Extensão UEL/UENP

As fotos do evento Jornada de Extensão UEL/UENP já estão no ar!
Para conferir o álbum com todas as imagens, basta acessar a página:
http://www.proex.uel.br/jornadadeextensao/ e clicar em "Fotos do Evento"

terça-feira, 23 de novembro de 2010

UEL e UENP realizam Jornada de Extensão




A UEL e a Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), por meio de suas Pró-Reitorias de Extensão, realizam nesta quarta (24) e quinta-feira (25) a “I Jornada de Extensão UEL/UENP: diálogos e práticas” que tem o objetivo de fazer um diagnóstico das atividades desenvolvidas pelas duas instituições, além de dar visibilidade aos projetos existentes. Durante dois dias estudantes e professores participarão de sessões de apresentação de trabalhos e de debates sobre vários temas ligados à extensão universitária.

Clique aqui para acessar a programação completa

A abertura está marcada para amanhã (24), a partir das 8h15, no Anfiteatro do CESA, com a participação dos reitores das duas Universidades, Nádina Aparecida Moreno e Dom Fernando José Penteado. Na sequência, o fundador da Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL), professor Osvaldo Giustina, coordena uma mesa-redonda com o tema “A Cientificidade da Extensão Universitária”.

No mesmo dia, o coordenador geral do Programa Universidade Sem Fronteiras da Secretaria Estadual de Ensino Superior, Ciência e Tecnologia (SETI), professor Antonio João Mânfio, participa, a partir das 14 horas, na Sala dos Conselhos, de uma reunião com a administração da UEL e da UENP. No encontro deverão ser avaliados os resultados dos projetos desenvolvidos dentro do programa.

Na quinta-feira está prevista uma mesa-redonda sobre o tema “Políticas Públicas Estaduais e Federais de Incentivo à Extensão Universitária”, a partir das 16h30, no Anfiteatro do Centro de Letras e Ciências Humanas. O encerramento da I Jornada de Extensão será às 17h30, no mesmo local.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

Mostra fotográfica de projetos de extensão

O fotógrafo Joka Madruga esteve em Londrina e região para registrar alguns projetos de extensão que participam do programa Universidade sem Fronteiras, que é elaborado e desenvolvido pela Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná e, é hoje, em investimento financeiro e capital humano a maior ação extensionista universitária em curso no Brasil.
Alguns dos projetos da UEL que foram fotografados por Joka podem ser encontrados no site do seu documentário
Terra sem Males.

Parte da mostra que ele fez, inclusive com outras universidades, pode ser conferida na UEL no dia 24/11.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Nós podemos Paraná recebe doações de alimentos

O Movimento Nós Podemos Londrina junto com o COEP e PROVOPAR receberá doações de alimentos não perecíveis, durante o evento ESPORTE E CIDADANIA Rede Globo SESI, que será realizado no dia 20 de novembro. Os alimentos arrecadados serão entregues a organizações não-goveramentais de Londrina.

Esta ação é o inicio da campanha “NATAL PELA VIDA – seja voluntário faça sua parte –“ promovida pelo COEP de Londrina e que se estenderá até o dia 04 de dezembro.

Acesse o site do
Nós podemos Paraná

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Inscrições para I Jornada de Extensão até quinta-feira

As inscrições para I "Jornada de Extensão UEL/UENP: Diálogos e Práticas" foram prorrogadas até esta quinta-feira, 18 de novembro de 2010. O objetivo do evento é promover discussões pertinentes aos rumos da extensão universitária no âmbito da UEL e da UENP e propiciar espaços para apresentações de resultados de projetos de Extensão das universidades envolvidas.

A programação e o formulário para a inscrição estão disponíveis no site http://www.proex.uel.br/jornadadeextensao/

A "I Jornada de Extensão UEL/UENP: Diálogos e Práticas" será realizada nos dias 24 e 25 de novembro de 2010, das 8h30 às 18h30, no Anfiteatro do CESA (dia 24/11) e no do CCH (dia 25/11), e na sala 901 do CEFE.
Mais informações pelo telefone 3371-4512 ou no site: www.proex.uel.br

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Ultrapassando Fronteiras

"Ultrapassando Fronteiras" é o nome de uma série de programas, apresentados semanalmente pela TV Paraná Educativa. Ele conta com um total de 21 debates que abordarão as iniciativas desenvolvidas pelo Programa Universidade Sem Fronteiras (USF) por meio das Instituições Estaduais de Ensino Superior (IEES).

Cada programa conta com a participação de quatro convidados. Coordenadores, bolsistas e beneficiários dos projetos explicam quais são as atividades realizadas e como são capazes de transformar a realidade social das comunidades envolvidas.

Projetos de Extensão da UEL do Universidade Sem Fronteiras estão entre os que foram abordados nos programas.
Os vídeos podem ser visualizados no site:
http://www.usf.pr.gov.br/modules/conteudo/conteudo.php?conteudo=6

Ultrapassando Fronteiras - Programas exibidos:

23/10/2010 - Praticando esportes: Formando cidadãos (UEPG)

16/10/2010 - Gestão da pecuária de leite nos assentamentos Estrela (Ortigueira) e Guanabara (Imbaú) (UEPG)

09/10/2010 - A Escola como espaço, tempo e contexto de aprendizagem e desenvolvimento (UEM)

02/10/2010 - Diálogos e trocas: Ritmos, sons - Jardim Josiane - Londrina (UEL)

25/09/2010 - Aprimoramento de estratégias no serviço de Aconselhamento Genético (UEL)

18/09/2010 - Design sustentável em micro-empreendimento social (UEL)

11/09/2010 - Orientação técnico científica às famílias de pequenos produtores de leite do assentamento Paiol de Telha (UNICENTRO)

04/09/2010 - Fortalecimento da agricultura familiar agroecológica no assentamento Emiliano Zapata (UEPG)

28/08/2010 - Difusão de tecnologia para produção de doces

21/08/2010 - Associativismo apícola no município de Prudentópolis

5º CBEU

Acontece entre 08 e 11 de novembro de 2011, a quinta edição do maior evento nacional da Extensão, o 5° Congresso Brasileiro de Extensão Universitária, em parceria a Pontifica Universidade Católica (PUCRS) e a Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre, a UFCSPA.

A temática escolhida para a edição de 2011 foi Fronteiras da Extensão. Ela reflete, de certa forma, as dimensões gigantescas do rico universo da Extensão universitária e se desdobra em diversos focos: nas fronteiras físicas; nos limites com os demais componentes do tripé Pesquisa- Ensino-Extensão; as fronteiras da Extensão com as políticas públicas, bem como o papel da Extensão no alargamento das fronteiras culturais, sociais e individuais daqueles que a esse desafio se propõem.

O evento espera a participação e o entusiasmo de todos extensionistas para fazer deste o maior evento da Extensão Universitária brasileira.

No site do evento pode ser encontrada mais informações.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Crianças do Galera de Deus participam de triathlon



O desafio ''Meu Primeiro Triathlon'' foi realizado neste domingo, 07/11, a partir das 8 horas, no quartel do Corpo de Bombeiros do Jardim Tókio (Rua Sílvio Bussadori, 150). Na primeira edição o evento reuniu 90 crianças e nesta foram abertas 200 vagas, que foram esgotadas. Dessas 200, 34 são do projeto de Extensão Galera de Deus e moram na Zona Leste.




A prova de Natação foi a que gerou maior ansiedade entre as crianças durante a preparação. Muitos nunca haviam nadado em piscina, alguns apenas em rios próximos a suas casas. Durante os treinamentos, as crianças contaram com a ajuda de estagiários e professores do projeto "A Escola como Locus de Formação e Aprendizagem Docente: Construindo Possibilidades de Intervenção para o Ensino da Educação Física", do Universidade Sem Fronteiras.


Para inscrever os pequenos atletas no triathlon, os organizadores do projeto enfrentaram alguns desafios. Para participar das três modalidades, as crianças precisavam de tênis, bicicletas e roupas adequadas para natação. Segundo os organizadores, o resultado foi alcançado graças à solidariedade. Com o apoio de pessoas e empresas, foi possível a compra de tênis e roupas de piscina para as crianças. Após uma matéria publicada na Folha de Londrina, o grupo recebeu a doação de 35 bicicletas. O grupo passou por treinamentos por mais de uma semana.

MDS abre edital

A Secretaria de Articulação para Inclusão Produtiva – Saip do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome – MDS publicou o extrato do Edital 02 Pnud BRA 05/028, D.O.U., 29 de outubro de 2010, Seção 3, folha 133. O edital e seus anexos estão disponíveis , disponível no endereço http://www.mds.gov.br/sobreoministerio/licitacoesecontratos/organismos-internacionais-pessoa-juridica/pnud.
O certame selecionará projetos de instituições de ensino superior, públicas ou sem fins lucrativos, que visem à inclusão produtiva de pessoas possuam perfil do público do Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal.
Os projetos devem fortalecer grupos produtivos ou empreendimentos já existentes podendo realizar atividades de: assistência técnica; capacitação ou complemento de formação profissional, desde que vinculadas ao empreendimento; aquisição de equipamentos ou insumos a serem disponibilizados aos beneficiários.
Cada instituição de ensino poderá enviar até 3 propostas para análise.
Outro requisito é que os projetos sejam desenvolvidos nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Fortaleza, Salvador, Belo Horizonte, Porto Alegre, Belém, Recife, Curitiba e da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno – RIDE DF, favor verificar a relação de municípios em anexo.
Solicitamos aos senhores (as) que divulguem esta informação, mobilizem docentes, discentes e técnicos que possuam interesse em desenvolver projetos de inclusão produtiva com este público e que nos indiquem um interlocutor.
Por oportuno convidamos vossa instituição a enviar os interessados a Audiência Pública que será realizada no Auditório Emílio Ribas, Bloco G, Esplanada dos Ministérios, Brasília-DF, CEP 70058-900, às 15 horas do dia 08 de novembro de 2010.
Informamos ainda que dúvidas podem ser encaminhadas para o email edital2.pnud.saip@mds.gov.br

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Seleção para Projeto Rondon – Operação janeiro 2011

Estão abertas as inscrições para a seleção de alunos para o Projeto Rondon, Operação janeiro de 2011. A UEL estará participando da ação A com a Operação Rio dos Siris, em Santana do São Francisco/SE e a ação B com a Operação Carajás, em Rio Maria/PA.

Para participar da seleção os alunos precisam se inscrever na Pró-Reitoria de Extensão (Proex), entregando Curriculum vitae resumido com telefone e e-mail; ter participação comprovada em projetos de extensão ou no evento Atividades Rondonistas; apresentar comprovante de matrícula 2010. A partir da inscrição, uma entrevista será marcada com o estudante.

Podem participar da seleção para a Operação Rio dos Siris os estudantes dos cursos: Biomedicina, Ciências Sociais, Jornalismo, Design Gráfico, Direito, Educação Física, Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, História, Letras, Medicina, Odontologia, Pedagogia, Psicologia e Serviço Social.

Já para a Operação Carajás, estudantes dos cursos: Administração, Agronomia, Arquivologia, Biblioteconomia, Ciências Biológicas, Ciências da Computação, Ciências Econômicas, Engenharia Civil, Geografia, Jornalismo, Medicina Veterinária, Química, Relações Públicas, Secretariado Executivo e Zootecnia.

O período de atuação será de 21 de janeiro a 6 de fevereiro para a Ação A, em Sergipe, e de 14 a 30 de janeiro para a Ação B, no Pará.

As inscrições podem ser feitas até o dia 5 de novembro, às 17h30 horas. É necessário que o estudante esteja cursando o último ou penúltimo ano do curso em 2010, exceto para o curso de Medicina, em que a inscrição está aberta para alunos a partir do 3º ano.

Mais informações pelo site www.proex.uel.br/rondon ou pelo telefone 3371-4592.

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Inscrições abertas para financiamento de pesquisas sobre desenvolvimento social

Estão aberta as inscrições para o processo seletivo para financiamento de
pesquisas e estudos na área de avaliação de políticas de desenvolvimento
social e combate à fome. Os projetos vencedores poderão solicitar
financiamento de até R$ 60 mil, sendo que cinco projetos serão
selecionados. O financiamento é resultado de parceria entre o Conselho
Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), e os
ministérios do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e do
Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). As inscrições podem ser feitas
até o dia 8 de novembro.

Serão priorizados os trabalhos que tiverem estudos e avaliações de
proteção e desenvolvimento social, vinculado a programas, ações e serviços
do MDS, como foco. Os concorrentes devem apresentar propostas nos temas de
assistência social; segurança alimentar e nutricional; Bolsa Família –
estratégias para alívio e superação da pobreza; inclusão produtiva e
integração entre serviços socioassistenciais.

Requisitos – Os interessados em concorrer ao financiamento devem preencher
todos os pré-requisitos estabelecidos no edital, além de possuir o título
de mestrado ou doutorado, com currículo cadastrado na Plataforma Lattes, e
vínculo celetista ou estatutário com a instituição de execução do projeto.
As propostas devem ser encaminhadas ao CNPq, por intermédio da Plataforma
Carlos Chagas (http://carloschagas.cnpq.br/), até 8 de novembro. Os
resultados serão divulgados no dia 13 de dezembro de 2010. A execução dos
projetos deverá ter uma duração média de seis meses.

O edital está disponível em: http://www.cnpq.br/editais/ct/2010/036.htm.
(Fonte: www.mds.gov.br)

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Conferência do PARFOR abordará formação do professor

da Agência UEL


Com o tema “A Formação do Professor-Aluno: seu Impacto na Educação Básica e no Ensino Superior”, a 2ª Conferência do Plano Nacional de Formação de Professores PARFOR) será realizada na segunda-feira, dia 25 de outubro, às 14h30, no Anfiteatro do Centro de Estudos Sociais Aplicados (CESA).

O evento contará com a participação do vice-governador eleito, Flávio Arns, e da superintendente da Secretaria da Educação de Estado, professora Alayde Digiovani.

Além de prefeitos, secretários de Educação dos Municípios, chefes de Núcleos Regionais de Educação, o evento também é direcionado às entidades de classe, professores e alunos da UEL, e participantes do PARFOR.

Para a professora Martha Santana Marcondes, diretora de Avaliação e Acompanhamento Institucional e coordenadora do PARFOR/UEL, a conferência é uma maneira de interar os municípios sobre as ações desenvolvidas na Universidade, que contribuem para a melhoria da Educação Básica no Paraná.

O evento faz parte do Plano de Ações Articuladas (PAR), que desenvolve ações e políticas para melhorar a formação pedagógica dos professores da Educação Básica. São políticas voltadas para três frentes: primeira licenciatura, destinada aos professores em exercício na Educação Básica que não possuem nenhuma graduação; segunda licenciatura, para os professores que estão fora da área de formação específica, além dos bacharéis e tecnólogos em exercício; e ainda formação continuada e pós-graduação.

A conferência tem o apoio das pró-reitorias de Planejamento (Proplan), de Graduação (Prograd) e de Extensão (Proex), além da Sercomtel e Caixa.

As inscrições deverão ser realizadas no endereço http://www.uel.br/eventos/parfor. Com certificado de participação, a inscrição custa R$ 5,00. Mais informações nos telefones 3371 4642 ou no e-mail parfor@uel.br.

terça-feira, 5 de outubro de 2010

PROEX modifica e revitalza sua marca



Desde junho de 2010, a Pró-reitoria de Extensão (PROEX) está sob coordenação da professora doutora Cristianne Cordeiro Nascimento, que assumiu o cargo de Pró-reitora. Deste então, a administração da PROEX vem trabalhando em mudanças que representem a nova gestão. Entre essas alterações, está a sua imagem, que foi repensada para se adequar aos novos objetivos da pró-reitoria.

“As marcas envelhecem e precisam ser revitalizadas. Com o redesign você não perde a essência e o histórico de uma marca, apenas incorpora uma roupagem nova que a moderniza. A PROEX tem uma visão contemporânea, por isso tivemos que revitalizar a logo para que ela fosse adequada aos nossos objetivos”, explica a pró-reitora de extensão, que também é docente do Departamento de Design Gráfico.

A nova logo, foi criada pela estudante de Design Gráfico e estagiária da PROEX, Danielle Gracioso, que se baseou em um elástico para formular a nova imagem. “Após manuseá-lo, decidi trabalhar com o elástico, entrelaçando-o e formando um X, graças a sua característica de elasticidade. Essa propriedade faz com o objeto retorne sua forma próxima à inicial após estendê-lo. Apesar de não ser aparente, ele mudou de algum modo”, contou a criadora da marca que deve a orientação do professor Renato Macri.

Assim, a última letra da PROEX agora é constituída de um material único, trabalhado de modo a representar essa continuidade de uma integração. A letra X da nova marca representa o fluxo contínuo da parceria entre a universidade e a comunidade por meio da extensão.

A marca reformulada será usada no site da UEL e da Pró-reitoria de Extensão, bem como em todos os sites relacionados com a PROEX. Além disso, os formulários de projetos, baneres, folderes e todo material de divulgação relacionado à extensão universitária da UEL também apresentarão a marca.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Professor lança livro de contos



O professor Moacyr Eurípedes Medri lança o livro "Da Cor da Terra" no próximo sábado, dia 02 de outubro, às 20 horas, no saguão do Teatro Ouro Verde, na Rua Maranhão em Londrina. No lançamento haverá uma intervenção teatral com uma das estórias narradas no livro e música ao vivo.

"Da Cor da Terra", tem 23 estórias, em 250 páginas, publicado pela Editora SCHOBA – SP. “É um livro de “causos & contos”, de estórias da terra, mas não de qualquer uma, - conto coisas dessa terra, com seu cheiro e sua cor. Falo do comportamento do homem simples, da sua sabedoria e luta, dos seus costumes e crenças. Escrevo especialmente, das coisas ou situações que vivi, ou que ouvi, de muitos em vendas de beira de estrada. Nelas principalmente, nos finais de semana e nos dias santos, uma venda era a referência do lugar, o ponto de encontro, e, entre lambadas de cachaça com um pedaço de lingüiça retirado dum varal, e a fumaça de muitos palheiros, a prosa ia longe, sem hora para terminar”, explica o autor.

Segundo o professor Medri, essa é a primeira obra literária de uma série de três. “A ideia de escrever me é antiga. Surgiu há muito tempo quando, ainda criança, ouvia muitas estórias de meu pai e tios, e mais tarde as da venda, como já falei. Depois de crescer na roça, conviver por mais de 30 anos com a fonte que me inspirou e inspira, fiz biologia na UEL. Sou biólogo e professor universitário há 35 anos e, associado a isso, tenho 40 artigos científicos publicados, capítulos de livros e também livro, - mas todos em botânica, que é a minha área de conhecimento. Agora, este livro, é uma outra coisa.

Biografia do autor
Moacyr Eurípedes Medri é biólogo pela Universidade Estadual de Londrina, formado em 1975; mestre em Botânica pelo Instituto de Pesquisas da Amazônia – INPA, em 1977; doutor em Botânica pelo Instituto de Pesquisas da Amazônia – INPA, em 1981; e professor universitário do Departamento de Biologia Animal e Vegetal da UEL desde 1980.

Da Agência UEL

terça-feira, 28 de setembro de 2010

Costelada Beneficente

No dia 24 de outubro, das 11h30 às 15h, acontecerá a V Costelada Beneficente em prol da ONG Viver. O local será o Vale das Acácias, na avenida Presidente Abrahan Lincoln, 290 - Cafezal I. O preço será de RS 20,00 adulto e R$ 10,00 para crianças.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Exposição na BC da UEL será prorrogada

A exposição “A Mulher em curvas e cores”, do artista londrinense Leto William, será prorrogada por mais uma semana. Agora, as obras estarão expostas até dia 02 de outubro, com preços para quem se interessaar em comprar as telas.



Leto William é menor aprendiz na universidade, e desde 2008 trabalha na PROEX. Ele sempre apreciou a arte contemporânea, seus artistas e tendências. Começou sua paixão usando as tintas de tecido da mãe em telas e hoje reproduz seus sentimentos com tinta a óleo.

A exposição está aberta até o dia 02 de outubro, das 08 às 22 horas na Biblioteca Central da UEL.

Para quem quiser acompanhar o trabalho artístico de Leto William, pode acessar seu blog e conhecer um pouco mais sobre suas obras. O endereço é:
http://letowilliamarte.blogspot.com.

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Menor aprendiz da UEL expõe obras na Biblioteca Central





A exposição “A Mulher em curvas e cores”, do artista londrinense Leto William, teve sua abertura nesta segunda-feira, 20 de setembro, às 09 horas na Biblioteca Central. O artista recebeu seus convidados e agradeceu pelo apoio que tem recebido para continuar com seu trabalho artístico.

Estiveram presentes a Pró-reitora de Extensão, Cristianne Cordeiro Nascimento; a diretora de Acompanhamento Administrativo da PROEX em exercício, Vera Lúcia da Costa; o chefe da Divisão de Eventos, Carlos César Nascimento; a diretora do Sistema de Biblioteca da UEL, Maria Elisabete Catarino; e a chefe da Divisão de Referência, Maria Aparecida Letrari. Além de funcionários da biblioteca e da PROEX.

Leto William é menor aprendiz na universidade, e desde 2008 trabalha na PROEX. Ele sempre apreciou a arte contemporânea, e mesmo sem ter feito um curso específico na área, lia e pesquisava sobre o tema, artistas e tendências. Começou sua paixão usando as tintas de tecido da mãe em telas e hoje reproduz seus sentimentos com tinta a óleo.

A exposição está aberta até o dia 25 de setembro, das 08 às 22 horas na Biblioteca Central da UEL.

segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Abraço no Lago no último domingo


Foto de Regina Mara Machado Pereira

Nem o vento frio da manhã de domingo impediu que cerca de mil pessoas participassem, na manhã deste domingo (19), do Abraço no Lago Igapó, atividade que abriu a 10ª Semana Municipal da Paz de Londrina e Região. A atividade reuniu famílias e grupos, que assistiram atividades artísticas espalhadas em torno do Lago II, participaram de uma caminhada e, no final, se deram as mãos para circundar o lago.
A quantidade de pessoas foi insuficiente para que fechasse os lados, mas cobriu mais da metade do lago.
Segundo o presidente da ONG Londrina Pazeando, Luis Cláudio Galhardi, e um dos organizadores do evento, ao lado do Conselho Municipal de Cultura de Paz (Compaz), o movimento está crescendo ano a ano. A expectativa inicial era que cerca de 2.400 pessoas, quantidade que daria para contornar o lago, participassem. “Tivemos entre 1.000 e 1.200 pessoas. Foi bom, mas acredito que ano que vem teremos mais pessoas”, afirmou.
A aposentada Augusta Cordeiro, 70 anos, foi uma das que participaram de todas as atividades propostas em torno do Lago Igapó. Ela foi sozinha porque a amiga que acompanha sempre nos eventos ficou com preguiça por causa do frio. “Mas quem perdeu foi ela. Isto é muito legal. Venho sempre, participei no ano passado e acredito que a gente deve fazer a nossa parte por menos violência e mais paz”, explicou.
Texto do Jornal de Londrina

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Comitê pela fome vai premiar melhores ações cidadãs

Agência UEL


O Comitê de Entidades no Combate à Fome e Pela Vida (COEP), rede nacional de mobilização social que reúne mais de mil comunidades, organizações públicas e privadas, empresas e entidades de classe, está coletando informações sobre iniciativas de pessoas que constroem a cidadania em todo o país. Trata-se do “Prêmio Betinho - Atitude Cidadã”, lançado em 2008, para valorizar as pessoas que lutam contra a fome e promovem ações cidadãs.

O Prêmio também quer ser um estímulo para que a sociedade civil encontre uma forma de participação mais ativa na luta contra a desigualdade. A indicação de nomes é livre para qualquer pessoa que queira participar. Basta selecionar dentre os indicados da região e do município. A votação está sendo realizada pelos sites http://www.coepbrasil.org.br/premiobetinho/, www.coepbrasil.org.br e www.mobilizadores.org.br.

segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Participantes do 28º SEURS estão de volta


O pessoal que estava em Florianópolis nos dias 08, 09 e 10 de setembro já está de volta a Londrina, depois de participarem do 28º SEURS – Seminário de Extensão Universitária da Região Sul. O evento ocorreu na Universidade de Estado de Santa Catarina (Udesc).

Funcionários da PROEX, estudantes e professores envolvidos com a extensão universitária representaram a UEL. Estudantes integrantes de projetos de extensão da universidade apresentaram seus trabalhos em diferentes modalidades, como o Vídeo relato, Banner estendido e Banner Convencional.

O evento teve a finalidade de reunir e divulgar ações extensionistas das instituições dos três estados da região sul do país, além de permitir a divulgação das experiências de cada uma delas nessa área.




Para agradecer a viagem e tudo que aprenderam com ela, os estudantes que participaram do 28 SEURS deixaram sua gratidão à equipe da PROEX por meio de uma carta destinada a todos que ajudaram na organização e na ida da UEL a Florianópolis.




Valeu, equipe da UEL no SEURS 2010!

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

Reunião define pontos para participação da UEL no 28º SEURS

Foi realizada nessa quarta-feira (01/09), na Sala dos Conselhos, uma reunião com os representantes da UEL no 28º SEURS – Seminário de Extensão Universitária da Região Sul. Na reunião, a Pró-reitora de Extensão, Cristianne Cordeiro Nascimento, e mais funcionários da PROEX discutiram os pontos necessários para a viagem. Datas e horários foram decididos conforme a disponibilidade e a opinião dos presentes.
A saída do ônibus será na madrugada do dia 07 de setembro, à meia noite, em frente do Colégio Vicente Rijo, na Avenida JK. A volta para Londrina será na noite do dia 10 de setembro.
O evento este ano é organizado pela UDES – Universidade do Estado de Santa Catarina e será realizado, em Florianópolis, do dia 08 a 10 de setembro.
A UEL será representada por 42 participantes, entre professores, funcionários e estudantes que participam e estão envolvidos em projetos e ações extensionistas da universidade.

sexta-feira, 27 de agosto de 2010

Revista Diálogos da UCB recebe textos para publicações

A Universidade Católica de Brasília (UCB) divulga a Ementa da edição número 13 da “Revista Diálogos”. Nela, o tema será "A cultura como dispositivo de inclusão cultural".

A Revista Diálogos da UCB foi criada em 2002, inicialmente para divulgar projetos e ações promovidos pela Pró-Reitoria de Extensão da UCB. A partir de agosto de 2008 o periódico mudou sua linha editorial instituindo mudanças significativas visando a ampliar seu foco de ação para melhor contribuir com a divulgação do conhecimento acadêmico e científico que é produzido “sobre” e “por meio” da Extensão Universitária.

Com isto, a revista passou a ser, no cenário nacional brasileiro, um efetivo espaço de diálogo com a academia presente no sistema de ensino superior, seja por meio da publicação de artigos, políticas e projetos de pesquisadores e instituições de diferentes áreas do conhecimento, seja por meio da cobertura de eventos significativos para a educação superior no Brasil.

A data limite para recebimento dos textos para publicação é dia 20 de setembro de 2010. Abaixo, as normas para publicação na revista.

NORMAS PARA A APRESENTAÇÃO DE ARTIGOS

1. Os artigos devem ser, preferencialmente, inéditos e serão submetidos ao Conselho Editorial da Revista. Nenhuma alteração de conteúdo será feita sem o prévio consentimento do autor. Revisão gramatical será feita pela Diálogos sem consulta aos autores.
2. Os artigos publicados passam a ser propriedade da Revista Diálogos, ficando a sua reprodução total ou parcial sujeita a sua autorização.
3. As idéias contidas nos trabalhos são de absoluta responsabilidade de seus autores.
4. Os trabalhos deverão ter no mínimo dez e no máximo 15 páginas devendo ser digitados em versão word .doc
5. Margens: superior e esquerda com 3 cm e inferior e direita com 2 cm.
6. Tipo de letra: “times new roman”, corpo 12.
7. Espaçamento: 1.5 entre linhas e duplo entre parágrafos; espaço duplo entre partes do texto e entre textos e exemplos, citações, tabelas, etc.
8. Adentramento: parágrafos, exemplos, citações: um toque na tecla TAB (cerca de 5 espaços)
9.Tabelas e anexos devem ser inseridos no corpo do texto. Para anexos de textos já publicados, incluir referência bibliográfica completa e permissão para publicação.
10. Notas (dispostas no pé da página, em ordem crescente, identificadas por número arábico).
11.O texto deve ser apresentado na seguinte seqüência: título do trabalho, nome(s) do(s) autor(es), resumo, abstract, palavras-chaves (em português e em inglês) texto, fontes (se for o caso) e bibliografia.
a) Títuto: centralizado, em negrito.
b) Subtítulos: sem adentramento, numerados em arábico (Introdução: 0).
c) Nome(s) do(s) autor(es): abaixo do título, seguido de nota 1, incluída no pé da pagina, onde devem ser dispostos a identificação sobre a instituição a qual pertence, seguida de uma mini biografia, com o máximo de cinco linhas. Letras maiúsculas apenas para as iniciais e para o sobrenome principal.
d) Abstract e Resumo: as palavras ABSTRACT e RESUMO em maiúsculas, seguidas de dois pontos, sem adentramento. Máximo de 500 caracteres. O abstract deve ser disposto logo abaixo do resumo.
e) Referências no corpo do trabalho: nome do autor e, entre parênteses, data identificadora da edição da obra (seguida de dois pontos e número da página, se for o caso).
12. Os textos devem ser enviados por e-mail para o seguinte endereço: revistadialogos@ucb.br
13. Os autores serão avisados por e-mail da decisão dos membros do conselho sobre a publicação do texto proposto.



Serviço


Revista Diálogos
Editores: Prof. Dr. Jorge Hamilton Sampaio
Prof. Dra. Liliane Machado
UCB - Universidade Católica de Brasília
Pró-Reitoria de Extensão
Diretoria de Programas Comunitários
Campus I Sala L-005 D
Fone: (61)3356-9088
Contato: revistadialogos@ucb.br

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Salão Universirário da UCPel


A Universidade Católica de Pelotas (UCPel), no ano em que completa o seu cinqüentenário, realizará entre os dias 26 e 29 de outubro, o 1º Salão Universitário. O principal objetivo do evento é possibilitar um espaço de discussão sobre extensão e pesquisa na comunidade acadêmica.

O Salão Universitário é um projeto que une o 19º Congresso de Iniciação Científica (CIC), o 2º Congresso de Extensão e a 9ª Mostra de Pós-Graduação. Neste ano, a apresentação dos trabalhos será totalmente oral e não com a utilização do formato de pôster.

O período de inscrição vai até 26 de setembro e contempla alunos de pós-graduação, bolsistas e não bolsistas de pesquisa e extensão da UCPel e de outras Instituições de Ensino Superior (IES), além de ouvintes. Para mais informações, os interessados podem visitar o site do Salão Universitário (http://www.ucpel.tche.br/salao) ou ainda entrar em contato pelo telefone (53) 2128.8012.

Serviço
Data: 26/10 a 29/10/10
Local: UCPel, Pelotas - RS
Inscrições: até 26/09/10
Telefone: (53) 2128-8000

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Banco do Brasil abre programa para selecionar projetos para receber patrocínio

O Programa de Patrocínios Banco do Brasil 2011 está com as inscrições abertas até o dia 08 de setembro de 2010. Tem por objetivo definir projetos a serem apoiados pela instituição em 2011, por intermédio de chamada pública, com inscrições pela Internet, análise por Comissões de Seleção Internas, aprovação pelo Conselho Diretor do Banco do Brasil e validação pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República – Secom/PR.
Os recursos serão destinados à realização de projetos institucionais e negociais, com início entre 1º de fevereiro de 2011 e 31 de dezembro 2011.
Por projetos institucionais entende-se aqueles que são:
a) ambientais – voltados à educação ambiental e à interação sustentável entre entre o ser humano e o meio ambiente, tendo como premissas:
a.1) a disseminação, entre os diversos extratos da sociedade, de conhecimentos e práticas ligadas à ecologia e ao meio ambiente;
a.2) a discussão sobre a conservação ambiental e a interação do ser humano com o meio ambiente;
a.3) a disseminação de práticas de integração entre o cenário urbano e o meio ambiente;
a.5) a possibilidade de se desenvolver ações de relacionamento com clientes do Banco do Brasil durante os projetos.
b) sociais – voltados à responsabilidade social, tendo como premissas:
b.1) o foco na capacitação de cadeias produtivas, favorecendo o desenvolvimento regional sustentável;
b.2) a disseminação, entre os diversos extratos da sociedade, de conhecimentos e práticas voltadas à responsabilidade social;
b.3) a inserção socioeconômica;
b.4) a promoção da cidadania e do desenvolvimento humano;
b.5) a possibilidade de se desenvolver ações de relacionamento com clientes do Banco do Brasil durante os projetos.
c) culturais – têm como foco de atuação a cultura e a arte-educação, tendo
como premissas:
c.1) a materialização dos conceitos de brasilidade e inovação;
c.2) a disseminação, entre os diversos extratos da sociedade, de conhecimentos e práticas voltadas à cultura;
c.3) a inserção cultural;
c.4) o respeito à diversidade étnica e cultural;
c.4) a possibilidade de se desenvolver ações de relacionamento com clientes do Banco do Brasil durante os projetos.

Para saber mais da resolução e do programa de patrocínio, acesse o
edital no site do Banco do Brasil (www.bb.com.br) .

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Conhecer para respeitar

Projeto que resultou em livro, em escola de Londrina, mudou a percepção dos adolescentes em relação à velhice

por Silvana Leão - da Folha de Londrina

O lançamento de um livro, na tarde de hoje, no Colégio Padre Wistremundo Roberto Peres Garcia, na Zona Norte de Londrina, será um marco para os adolescentes que participaram de sua produção. A obra, chamada ''Histórias de Vida: integrando jovens e idosos'', é resultado das atividades desenvolvidas na escola pelo Grupo de Estudo sobre Envelhecimento (Gesen), da Universidade Estadual de Londrina (UEL), e mudou a visão sobre o envelhecimento de seres humanos que se preparam para sair da condição de quem é cuidado e assumir o papel de cuidadores.

A publicação nasceu das ações do projeto de extensão Atenção Integral e Interdisciplinar a Idosos na Comunidade (Aenic), coordenado pelas professoras Mara Solange Gomes Dellaroza, do curso de Enfermagem, e Sandra Perdigão Domiciniano, do curso de Serviço Social. No colégio, foram utilizadas diferentes estratégias para provocar a reflexão sobre o envelhecimento populacional e suas repercussões pessoais e sociais. Uma das estratégias foi a promoção de encontros quinzenais, entre coordenadores, alunos de 6 série e idosos (avós, bisavós ou mesmo vizinhos) para o registro de seus relatos, que agora fazem parte do livro.

''Nos reuníamos à noite, aqui na escola. Muitas vezes chorávamos juntos, diante de histórias emocionantes. Foram dois anos de muito trabalho, mas o resultado foi gratificante'', afirma o professor de Língua Portuguesa Odair Galvão, que orientou e organizou a elaboração das histórias. Ele lembra que a ideia do livro nasceu durante o projeto, diante da riqueza dos relatos. Hoje, além da publicação, os educadores comemoram a mudança de comportamento dos adolescentes. ''Muitos não respeitavam os avós, chegavam a menosprezá-los. Depois desta experiência, a relação entre eles mudou'', ressalta Galvão.

O livro traz histórias reais, cheias de lutas, sofrimentos e vitórias. Desenhos também feitos pelos alunos, retratando pessoas e objetos antigos, ilustram a obra. Os cinco primeiros capítulos foram elaborados pelos docentes da universidade e buscam apresentar ao leitor algumas nuances do envelhecimento e da vida dos idosos. ''Se a criança tem conhecimento sobre o que é envelhecer, dará mais importância a um estilo de vida saudável e passará a enxergar o idoso não como um peso, mas como alguém que detém cultura e experiência de vida'', observa a professora Sandra Domiciniano.

''Antes eu não ficava muito com a minha vó. Hoje eu percebo que ela é legal'', diz Giovana de Araújo Pradao, de 13 anos. Mais do que descobrir uma boa companhia, porém, a adolescente aprendeu a respeitar a mãe de sua mãe, de 67 anos. ''Antes eu tinha que respeitá-la por obrigação. Hoje faço isso porque entendo suas limitações.''

Amanda Paulina Nunes da Silva, de 14 anos, descobriu que por trás da expressão de serenidade da avó, de 72 anos, há uma história de vida cheia de privações. ''Ela nunca deixou transparecer todas as dificuldades que passou. Agora que conheço um pouco do seu passado a respeito mais'', revela a garota.

A avó, por sua vez, também diz ter gostado da experiência: ''Eu nunca tinha tido oportunidade de contar as histórias do meu passado para os netos. Acho importante eles saberem que a vida da gente não foi fácil como a deles. Não fosse esse convite feito pela escola, eles nunca saberiam'', afirma a avó de Amanda, Sebastiana Cândido dos Anjos, uma mineira que passou fome na infância e nunca teve tempo para brincadeiras.

Teatro e sorvete para crianças carentes

por Silvana Leão - da Folha de Londrina

Sob uma pequena sombra, em um dos pontos mais distantes da comunidade conhecida como Morro do Carrapato (Zona Leste de Londrina), dezenas de crianças conheceram na manhã de ontem a magia do teatro e se deliciaram com a distribuição de sorvete. A festa foi organizada pelo casal Marcelo e Maria Luiza Casanova, fundadores do projeto Galera de Deus, que atua desde o ano passado junto a comunidades carentes com distribuição de alimentos e atividades nas áreas de saúde e educação.

Segundo Maria Luiza, que é professora da Universidade Estadual de Londrina (UEL), eventos como o organizado ontem são importantes para fortalecer os vínculos com as famílias. O casal aproveita o contato com as crianças, por exemplo, para ensinar conceitos positivos, como higiene, organização, respeito ao próximo e honestidade. ''Queremos quebrar o ciclo da pobreza e da violência. E quando trabalhamos na própria comunidade, dentro da realidade destas famílias, as ações são mais eficazes'', afirmou Maria Luiza.

Antes da sorvetada, as crianças que se acotovelaram em torno do palco improvisado se divertiram com uma boneca de pano que 'fala'. A ventríloqua Patrícia de Sá Maia, da Pati Cia. Teatro de Bonecos, garantiu a diversão do domingo. ''Nunca tinha visto isso'', revelou Amanda Carolina da Silva, de 11 anos, enquanto permanecia de olhos vidrados na agitada boneca.

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Projetos de Extensão da UEL estão em programa de TV da SETI

A Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SETI) começará a veicular na televisão o programa "Ultrapassando Fronteiras", apresentando alguns projetos integrados ao programa Universidade Sem Fronteiras.

O programa será veiculado na TV Educativa, a partir deste sábado (21/08), às 17h50, durante o período eleitoral. Depois ele retorna a seu horário normal: 17h30. A TV Educativa pode ser sintonizada no canal 9 da Sky, 115 da Net, 9 da TVA, 13 da parabólica e na frequência 1320, horizontal.

Entre os projetos apresentados, estarão três da UEL: "Design sustentável em micro-empreendimento social - geração de trabalho e renda em comunidade artesanal"; "Aprimoramento de estratégias no serviço de aconselhamento genético" e "Diálogos e trocas: experiências com ritmos, sons, cor e imagens em movimento com a comunidade do Jardim Josiane".

Atividades Rondonistas - 2 semestre

O evento de extensão "Atividades Rondonistas: da teorização à prática" volta às suas atividades neste sábado (21/08) com a primeira reunião a ser realizada na Sala 420, no CESA, às 14h. Neste segundo semestre, o evento recebeu inscrições de estudantes que estejam cursando a partir do segundo ano do curso. As reuniões serão realizadas a cada quinze dias.

quarta-feira, 18 de agosto de 2010

Lançamento do Natal do Amor

Na próxima sexta-feira, dia 20 de agosto, acontecerá o lançamento do Natal do Amor 2010.
A campanha é realizada pelo Comitê Gestor do Natal de Londrina, um grupo que vem crescendo e hoje conta com quase 50 entidades, parceiros e colaboradores e desde sua criação, no segundo semestre de 2008, tem tido apoio institucional e financeiro do poder público municipal.
O evento vai acontecer no saguão da Prefeitura Municipal de Londrina, às 08:30 horas.
Para quem quiser conhecer saber mais da Campanha Natal do Amor pode acompanhar o trabalho realizado no ano passado em Londrina pelo site oficial.

sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Rondonistas relatam experiências de cidadania

da Agência UEL



Estudantes da UEL que integraram a operação do Projeto Rondon, em julho último, no Nordeste brasileiro, entregaram hoje os troféus de participação nas missões, conferidos pelo Ministério da Defesa. Os troféus foram recebidos pela reitora Nádina Aparecida Moreno e pela vice-reitora, professora Berenice Quinzani Jordão.

Embora os troféus simbolizem a atividade da Universidade no projeto, o que mais ficará marcado certamente são as lembranças dos estudantes e professores, que vivenciaram as dificuldades dos municípios de Bom Jardim (MA) e de Belém de São Francisco (PE). As atividades rondonistas são sempre realizadas em cidades pobres, cujas realidades são marcadas por sérios problemas sociais e quase nada de infraestrutura urbana.

Os estudantes relataram que a experiência foi válida para melhorar a impressão sobre o Brasil que precisa ser assistido e melhorado. Os estudantes contaram que idealizaram a revitalização de uma praça, que acabou motivando a população local. Equipamentos urbanos ganharam nova vida com pintura; a praça ganhou brinquedos simples – balanços feitos com cordas. “O brinquedo estava sendo finalizado e as crianças já faziam fila”, contaram os estudantes.

A reitora lembrou que foi rondonista em 1979, quando estudante de Biblioteconomia da UEL. A experiência da reitora foi na cidade de Limoeiro do Norte, no Ceará, onde os estudantes cumpriam as atividades utilizando bicicletas, não havia água encanada e nem energia elétrica. O relato da reitora mostrou que são mais de três décadas que UEL participa das atividades do Projeto Rondon, tentando minimizar a realidade dura de um Brasil que pouco aparece.

terça-feira, 27 de julho de 2010

Rondonistas chegam em Londrina



Ontem, às 18h, as equipes da UEL que participaram do Projeto Rondon nas operações Catirina e Rei do Baião chegaram em Londrina. Apesar do cansaço da viagem, o grupo estava feliz e satisfeito com o que foi realizado.

Giovanna Rodrigues, estudante de Medicina Veterinária, descreveu a viagem como "incrível"! Segundo ela, a participação no Projeto Rondon possibilitou uma mudança de valores. "A gente aprende a respeitar o individual e as diferenças de cada um", ressaltou Giovanna, que integrou a equipe Caitirina no Maranhão.

Já o rondonista Paulo Henrique Polon, estudante de Ciências Sociais que participou da Operação Rei do Baião em Pernambuco, leva a experiência da viagem como uma troca de experiências: "aprendemos muito lá também". E valoriza o projeto: "O Rondon é válido sim! É um projeto de cidadania e lição de vida!"





Que venha o próximo Rondon!

sexta-feira, 23 de julho de 2010

Mão na massa

A quarta-feira foi muito produtiva para a equipe UEL, Operação Catirina! Durante o período matutino, a rondonista Michelle (Direito) palestrou pra um grupo de serviços públicos, no auditório da prefeitura de Bom Jardim, a respeito da elaboração de projetos, focando-se nos editais sociais: localização, áreas, preenchimento e modalidades. Ã tarde, foi dada continuidade à temática, com um oficina prática, na sala de informática da Escola Dinare Feitosa, onde sites foram demonstrados, bem como uma cartilha que orientará os profissionais na obtenção de recursos pra criação e desenvolvimento de projetos sociais do terceiro setor.
No mesmo período, os rondonistas Viviane (Arquitetura) e Wantuil (Agronomia) forneceram uma oficina que capacitou e deu início à construção de uma fossa séptica, no novo CRAS – em construção, na Vila Esperança, ode obtiveram ajuda de pedreiros do local.
Operação Catirina


Avanços

O dia começou com a eficiente construção da horta escolar no Projeto Vida (onde estamos hospedados), horta esta que contou com a liderança da prof. Maria Helena e do aluno Wantuil, ambos do curso de Agronomia. Literalmente, nosso grupo semeou esperança pra a comunidade!!
A tarde a aluna Giovanna (Med. Veterinária) promoveu uma mesa redonda para discutir os principais pontos sobre o transporte escolar na região e propor um projeto de planejamento para melhorar a situação atual. Houve a presença de representantes de pais de alunos, secretaria de educação do município, professores e condutores.
Também no período vespertino, a rondonista Michelle (Direito) concluiu a última da três etapas a respeito do terceiro setor, focando-se a nobre participação do Prof. Dr. José Gerley Díaz Castro (UFT – Zootecnia), ilustre profissional que tem vasta experiência na área. À noite, os referidos rondonistas encabeçaram o a gênese do I FÓRUM DO LIXO de Bom Jardim, movimento que promete difundir cultural ambiental entre a população local.
Para encerrar o dia, Giovana (Relações Públicas) palestrou, no auditório da prefeitura, sobre “Empragabilidade: uma questão de cidadania”, a qual contou com a ilustre presença do Capitão Lessa.
Operação Catirina


A realidade que choca

Os alunos Danielle (Zootecnia), Giovanna (Med. Veterinária), Wantuil e a professora Maria Helena (Agronomia) visitaram a Vila Bandeirantes. Lá explicaram a comunidade rural a necessidade de sanidade no rebanho bovino da região, os cuidados com o abate e manipulação da carne e agricultura familiar.
à tarde, os alunos Giovana (Relações Públicas) e Jéliton (Administração), acompanhados pela professora Maria Helena (Agronomia) visitaram o lixão da cidade, local em que puderam constatar a realidade local. Um coletor que se encontrava lá, foi entrevistado e foi muito enriquecedora a conversa.
Concomitantemente, Michelle (Direito) iniciou a primeira etapa do ciclo a respeito do terceiro setor, palestrando sobre ONGs, Associações, Cooperativas e OSCIPs. Com uma platéia de quarenta pessoas, entre líderes locais e membros da comunidade em geral, o objetivo é instaurar uma Cooperativa de Reciclagem em Bom Jardim e, o primeiro passo, foi conceituar uma cooperativa e apresentar suas características. No período da tarde, a segunda etapa foi voltada para a os detalhes mais técnicos da cooperativa, tais como a previsão legal de sua constituição, seus requisitos básicos e apresentação de um Projeto detalhado sobre a instauração da Cooperativa de reciclagem aqui. Nome sugerido: RECICLA BOM JARDIM!!!!!!
Operação Catirina



Dançando o Carimbó!

Olá UEL, o nosso dia 18 de julho foi bem animado... tivemos palestras sobre a importância das cisternas, fossas sépticas e sumidouro, que nossos colegas Wantuil (agronomia) e Viviane Giron (arquitetura e urbanismo) ministraram.
A comunidade de Bom Jardim, como em todas as outras palestras e oficinas, participou com perguntas, intervenções e demonstrou interesse em participar da oficina prática que seria dia 21.
Já a noite, tivemos um Evento Cultural organizado pela prefeituta do município. No evento estavam presentes os rondonistas da UEL e da UFT (Tocantins) e a população de Bom Jardim.
Vimos apresentações de capoeira com a Associação dos Escravos Brancos, liderada pelo professor João Teles, mais conhecido como Hélio...(apelido de infância...rs), apresentação de Hip Hop e for fim, assistimos e fomos convidados a dançar o Carimbó, uma dança típica do norte e nordeste do Brasil.
Operação Catirina




17/07

Acordamos as 4 da manha! É vida de Rondonista não é fácil! Fomos para a comunidade Varig, que apesar de pertencer ao município de Bom Jardim, levamos 4 horas de viagem para chegar.
Chegando lá, auxiliamos o pessoal da UFT (conjunto A) na oficina da parte da manhã e na parte da tarde, foi a vez do nosso conjunto (B) no qual a aluna Giovanna (Med. Veterinária) ministrou a oficina de Necessidade da utilização de água tratada e oficina de confecção de um clorador artesanal.
Saímos cedo de lá, por volta das 16 horas e chegamos às 21h em Bom Jardim.
É... diríamos que foi um dos dias mais cansativos!

Operação Catirina



A sétima arte em Bom Jardim

Iniciamos o dia com oficinas sobre programas de incentivo à preservação do meio ambiente lideradas pelos alunos Jéliton (Administração) e Henrique (Biologia). À tarde, a comunidade de Bom Jardim participou de uma atividade de produção de mudas com o rondonista Wantuil (Agronomia) e a professora Maria Helena (Agronomia). A noite, foi apresentado o filme “Os sem Floresta” na praça do Colégio Estadual José Sarney, o qual agradou a todos expondo a necessidade de preservar o meio ambiente e lotou as arquibancadas da quadra , que fica na referida praça, recém demarcada as linhas pelos rondonistas.
Operação Catirina



sexta-feira, 16 de julho de 2010

Oficinas do Rei do Baião

Fotos da oficina de aperfeiçoamento para pedreiros.



Parte de nossas atividades nos assentamentos de Carapuça e Manga de Baixo.

NAVEGANTES

Hoje todos os moradores que participaram da oficina de computacao conheceram um universo paralelo. Orientados pelas estudantes Danielle (Zootecnia), Giovanna (Med. Veterinaria) e Viviane (Arquitetura e Urbanismo) aprenderam a usar programas e navegar na internet, inclusive no Blog de Extensão da UEL. Todos saíram muito satisfeitos e com esperança de que tempos melhores virão com um domínio virtual adequado.
Os alunos Henrique (Biologia) e Jeliton (Administração) esclareceram a importância do esgotamento sanitário e dos cuidados com a água.
As três regras para o fracasso: Não ensinar o que sabe, não viver o que ensina e não perguntar o que não sabe.


Alunos contentes ao final da oficina, posando para a foto postada no blog que agora eles conhecem


Aluna Danielle (Zootecnia) dando as instrucoes do uso da internet

Operação Catirina

quinta-feira, 15 de julho de 2010

A quarta-feira do Rei do Baião

Olá,

hoje 14/07 realizamos o "Mutirão Cidade Limpa",atividade que teve por objetivo a coleta e seleção de lixo na orla do Rio São Francisco e nos principais pontos do comércio da cidade. Contamos com a participação das crianças na operação e procurando conscientizar os adultos da importância da coleta seletiva e cuidados para não poluir o meio ambiente. Concomitante, aconteceu em dois assentamentos as ações de ovino e caprinocultura, oficina de olericultura e agricultura familiar, o bailão do Rondon com o grupo de idosos e finalizando as atividades do dia com a palestra: "Alimentos artesanais como fonte de renda".


Abraços da Equipe Rei do Baião.


ALEGRIA, ALEGRIA!!

Iniciamos o dia promovendo uma caminhada para conscientização sobre a importância da separação do lixo reciclável e destino adequado do lixo orgânico. A concentração se deu em frente à prefeitura de Bom Jardim, conseguimos um número muito bom de acompanhantes na caminhada, a qual percorreu algumas ruas da cidade terminando no ginásio poliesportivo "Pedrozão", onde em seguida ocorreu uma gincana com crianças e jovens.
À tarde houve atividade de revitalização da praça em frente ao C.E. Governador José Sarney, que reuniu grande parte dos moradores da região, principalmente as crianças. Houve pintura dos bancos, da quadra, construção de balanços e um tanque de areia projetados pela aluna Viviane (Arquitetura e Urbanismo). A comunidade ficou muito grata e um jovem esboçou sua alegria com a seguinte frase " Nossa, pintaram a quadra; realizaram nosso sonho". Só com esse comentário o nosso dia já valeu.
Durante os eventos contamos com a presença do capitão Lessa do 24 BC de São Luis e do prefeito da cidade.

Bom Jadim (MA)- Operação Catirina


Emocionante

Iniciamos as atividades propriamente ditas na data de hoje. Pela manhã, quase cem pessoas lotaram a unidade do CRAS e, atentamente, prestigiaram a palestra do rondonista Jélinton (Administração), o qual apresentou uma versou sobre a importância da reciclagem do lixo e mais, a necessidade de se implementar uma educação ambiental no município de Bom Jardim. Baseando-se nos 3Rs da reciclagem - Reduzir, Reciclar e Reutilizar, os ouvintes participaram de uma dinâmica, quer seja, todos receberam um guardanapo de papel, uma banana e uma bala e, após consumi-los, depositaram tais lixos nos latões respectivos, papel, orgânico e plástico. Na sequência, o rondonista Henrique (Biologia) prendeu a atenção de todos com o tema Compostagem, tema que despertou muito interesse da comunidade local, resultando no agendamento de encontros futuros na próxima semana para a construção da mesma.
No período vespertino, o destino do lixo foi retomado, com a aplicação deste em artesanato com as rondonistas Giovana (Veterinária), Giovanna (Relações Públicas) e Viviane (Arquitetura). Mulheres da comunidade aprenderam a fazer sofazinhos de boneca de dois tamanhos feitos com garrafa peti, brinquedos, tais como, bandalhão, quebra-cabeça. Concomitantemente, Michelle (Direito) e Dani (Zootecnica) transmitiram a, aproximadamente, vinte crianças noções sobre separação e reciclagem de lixo, por meio de pinturas no rosto, desenhos para colorir, gincanas e brincadeiras. A receptividade infantil aliada à sede de conhecimento foram momentos emocionantes. Como crianças tão humildes podem ser generosas com pessoas alheias a seu quotidiano, como podem demonstrar noções tão sólidas de cidadania e educação ambiental em meio a uma sociedade que polui e contamia as ruas da cidade. Fecho o post de hoje com uma bela frase, de autor desconhecido, disposta no refeitório do Projeto Vida, no qual, diariamente, fazemos nossas refeições: TODA CRIANÇA NOS DÁ A CERTEZA QUE DEUS AINDA CONFIA NO HOMEM.

Michelle Ambrozi - Operação Catirina



Primeiros dias da Operação Rei do Baião

Olá pessoal,

estamos enviando as primeiras imagens de nosso trabalho aqui em Belém.
A Primeira imagem refere-se a nossa chegada no Município e sendo recepcionados pelas autoridades local e pelo Prefeito.
Na segunda imagem, a reunião de contato com todo Secretariado da Prefeitura (12/07) para apresentação da proposta de atuação e iniciar as oficinas programadas.
Na segunda-feira estivemos em visita aos principais assentamentos para estimulação dos produtores quanto a participação nas atividades. Efetivamente, na terça-feira deu-se inicio às palestras e oficinas. À noite apresentamos o Cinema na Praça destinado à toda comunidade, onde foi exibido e debatido o Filme "História das coisas" e Documentário Belém deSão Francisco. Tivemos boa receptividade e também foi um momento importante para convocar a comunidade para a Ação "Cidade Limpa: Operação de coleta e seleção do lixo".