terça-feira, 30 de agosto de 2011

UEL participa do SEURS 2011

Delegação da UEL em Foz do Iguaçu

De 22 a 24 de agosto a UEL participou do 29º Seminário de Extensão Universitária da Região Sul (SEURS), realizado na Unioeste, em Foz do Iguaçu (PR). Com o intuito de promover ações da extensão de diversas Instituições de Ensino Superior do sul do país, o encontro contou com a participação de alunos e professores da UEL, além de representantes da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX).

Durante o evento, foram expostos trabalhos e projetos de extensão desenvolvidos dentro da universidade, selecionados previamente por uma comissão formada por representantes da Câmara de Extensão e da PROEX. Ao todo, a UEL contou com 5 apresentações em vídeo, 4 oficinas, 5 pôsteres em exposição e 8 mesas temáticas.

Além dos trabalhos apresentados, os representantes da PROEX mantiveram um estande com material institucional da UEL, tais como o Jornal Notícia, a “Revista 40 Anos” e a “UEL em Dados”, como forma de divulgar a universidade frente à outras IES da região sul.

A próxima edição do Seurs, que acontece em 2012, será na cidade de Rio Grande (RS).

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Revista da UFPA recebe artigos de extensionistas

A Pró-reitoria de Extensão da Universidade Federal do Pará (UFPA) convida, por meio de edital, professores extensionistas a publicarem artigos na revista Universo & Extensão. A revista é um periódico de divulgação internacional veiculada em português e inglês, com periodicidade semestral, e que visa estimular o debate e a reflexão sobre os rumos da extensão universitária.

Os artigos devem ser enviados, exclusivamente, para o e-mail revistauniversoextensao@gmail.com em inglês ou português. Mais informações no edital disponível no site.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Sebec realiza evento para troca de habilidades

O Serviço de Bem-Estar à Comunidade (Sebec) promove nessa sexta-feira, dia 26 de agosto, um pic-nic destinado aos familiares e convidados dos encontros temáticos realizados junto à comunidade universitária.

O encontro visa a troca de habilidades entre os participantes das oficinas oferecidas ao grupo, que envolvem crochê, artesanato, tricô e diversas outras atividades. Voltado à comunidade interna, o grupo que participa dos encontros temáticos do Sebec também assiste a palestras com temas pré-selecionados e de interesse geral.

O pic-nic acontece na sede da APUEL, das 09:00h às 16:00h, e é voltado aos participantes e familiares do grupo de encontros temáticos, organizado pela PROEX e pelo Sebec.

terça-feira, 23 de agosto de 2011

GEAMA promove palestra com o presidente do Instituto Ecometrópole

O Grupo Avançado de Estudos sobre o Meio Ambiente (GEAMA) promove nesta sexta-feira, 26/08, a palestra “Plano Estratégico de Desenvolvimento Regional - Arco Norte e Programa Ecometrópole" com o presidente do Instituto Ecometrópole, Luiz Penteado Figueira Mello. A palestra será realizada na sala de eventos do CLCH, no campus da UEL, às 14h.

O palestrante Luiz Penteado Figueira de Mello é formado em Agronomia na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ/USP). É especialista em Macro Planejamento; Planejamento Estratégico; e Planejamento e Desenvolvimento de Complexos Comerciais. Foi Diretor Presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina (IPPUL) em 2005 e 2006. É idealizador do Plano Regional de Desenvolvimento Estratégico Arco Norte e Programa de Gestão do Território Ecometrópole na área de influência da Região Metropolitana de Londrina.

Luiz Penteado Figueira de Mello também atuou como Coordenador Técnico da Região Metropolitana de Londrina no ano de 2007 e foi nomeado para o cargo de Coordenador dos Planos Regionais de Desenvolvimento Estratégico do Governo do Estado do Paraná. Em abril de 2009, assumiu a presidência do Instituto Ecometrópole, organização da sociedade civil que tem como atividade principal o desenvolvimento do Programa Ecometrópole articulando e apoiando as iniciativas do poder público e da sociedade civil em sua implementação.

A palestra faz parte da programação do projeto de extensão coordenado pelo professor Dr. Paulo Bassani em 2011, que promove eventos para a comunidade interna e externa mensalmente. Este ano, as atividades do GEAMA integram o tema “Meio Ambiente e Comunicação”. Mais informações pelo blog http://geamauel.blogspot.com.

Serviço

Palestra Plano Estratégico de Desenvolvimento Regional - Arco Norte e

Programa Ecometrópole

Palestrante: Luiz Penteado Figueira Mello (presidente do Instituto Ecometrópole)

Data: 26/08/2011

Local: Sala de eventos do CLCH

Horário: 14 horas

Curso rede de Design Colaborativo em Curitiba

Estão abertas as inscrições para o curso “Rede de Design Colaborativo”, promovido pela Aliança Empreendedora, que será realizado no FAE Centro Universitário em Curitiba, de 13 a 16 de setembro, das 10h às 17h. O público alvo do evento é formado por estudantes e profissionais de design e interessados de áreas afins.

A Aliança Empreendedora atua com foco na inclusão e no desenvolvimento econômico e social através do fomento e apoio ao empreendedorismo de baixa renda em todo o Brasil, contribuindo para a redução da pobreza e desigualdade ao gerar melhorias na qualidade de vida de pessoas e comunidades. Sua atuação abrande todo o Brasil a partir dos escritórios de Curitiba, São Paulo e Recife, assim como em parceria com organizações aliadas que replicam suas metodologias em outros estados.

O curso tem como objetivo formar educadores sociais com ênfase em design para atuar diretamente com grupos produtivos e empreendimentos de baixa renda aplicando metodologia desenvolvida pela ONG Aliança Empreendedora. Além de colocar participantes em contato com os temas: Iconografia, Briefing, Combinação de Cores, Eco-Design, Design de Serviço, entre outros componentes da metodologia.

Como conteúdo, o curso tratará dos seguintes tópicos: Andragogia (ensino para adultos); Dicas de facilitação de processos criativos e trabalhos em grupo; De designer-projetista a educador-facilitador; Formação na metodologia: CriAtive ferramentas para o empreendedor melhorar seus produtos e serviços.

Mais informações e inscrição pelo site (clique aqui) ou pelo e-mail eduardo@aliancaempreendedora.org.br.


Serviço:
Curso Rede de Design Colaborativo
Carga Horária: 24 horas
Local: FAE Centro Universitário (Curitiba –PR)
Promoção: Aliança Empreendedora
(41) 3013 2409
Site: www.aliancaempreendedora.org.br
Blog: www.fazerparamudar.org.br
Twitter: http://twitter.com/AliancaEmpreend
Facebook: http://www.facebook.com/Aliancaempreendedora

Workshop Identidade 30ª Bienal

A Fundação Bienal de São Paulo lançou uma convocatória para a elaboração da identidade visual da 30ª Bienal de São Paulo, que acontece em 2012. Baseada nos quatro conceitos que fundamentam o que a curadoria da exposição considera como “A Iminência das Poéticas: Sobrevivência, Alter-formas, Vozes e Deriva”, a organização da Bienal faz uma chamada aberta a todos os interessados em busca de propostas de trabalho a serem desenvolvidas durante um workshop exclusivo, cujo resultado definirá a identidade visual da 30ª Bienal de São Paulo.

Serão selecionadas 12 propostas de trabalho que serão trabalhadas durante o workshop, conduzido pelos curadores da exposição, pela coordenação de Design e pela curadoria educacional da Bienal, além da participação de três designers brasileiros de renome que já elaboraram projetos para exposições de cunho histórico da Bienal (Daniel Trench, Elaine Ramos e Jair de Souza) e da dupla holandesa Mevis & Van Deursen. O projeto de identidade que resultar do workshop será desenvolvido posteriormente pela área de comunicação da Bienal.

Para se inscrever, é preciso ser maior de idade e residir em território nacional. As propostas deverão apresentar um caminho para o desenvolvimento da identidade no workshop, incluindo imagens de referência, um texto conceitual, uma proposta de desenvolvimento e um currículo resumido. A avaliação e seleção das propostas será feita pelos condutores do workshop.

Os interessados deverão encaminhar suas idéias à Bienal de acordo com o regulamento até o dia 02 de setembro, e as propostas selecionadas serão divulgadas no dia 15 de setembro. O workshop acontecerá entre os dias 3 e 7 de outubro no Centro Universitário do Senac, na cidade de São Paulo, e o resultado final será divulgado no dia 10 de outubro. Todas as propostas selecionadas serão divulgados na página do projeto e no Portal Bienal (http://www.blogger.com/www.bienal.org.br).

Para mais informações sobre a convocatória, a Bienal disponibiliza o site: http://www.blogger.com/www.id30bienal.org.br.

terça-feira, 16 de agosto de 2011

XXVII Semana da Química e IV Jornada de Pós-graduação da UEL

Estão abertas até o dia 19 de agosto as inscrições para a XXVII Semana da Química e para a IV Jornada de Pós-graduação da UEL. Os eventos acontecem de 22 a 26 de agosto, das 08:00h às 23:00h no Anfiteatro do CESA.

Durante a Semana da Química, serão ofertados minicursos e palestras com destaque ao caráter interdisciplinar, envolvendo áreas como Biologia, Física, Geologia e outras. Serão apresentados trabalhos desenvolvidos pelos alunos e docentes do Departamento de Química, com o objetivo de divulgar as atividades de ensino, pesquisa e extensão. Assim, torna-se possível uma contribuição para o crescimento e consolidação da comunidade científica da área de Química na região de Londrina, integrando a comunidade de profissionais, estudantes, indústria e sociedade, além de incentivar o intercâmbio dos participantes com pesquisadores da UEL e outras Instituições de Ensino e Pesquisa do país.

O evento é promovido pelo Departamento de Química da UEL, e a coordenação é da professora Sonia Maria Nobre Gimenez.

Inscrições e mais informações pelo site: www.uel.br/eventos/semanadaquimica e pelo telefone 3371-4286.

sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Pró-Reitora de Extensão participa de evento em São Paulo

Pró-reitora Cristianne Cordeiro Nascimento entre o professor Ivo Pons, coordenador do Design Possível e do evento "Multiplicadores" e a professora Nara Martins, do Instituto Mackenzie

A professora Cristianne Cordeiro Nascimento, Pró-Reitora de Extensão da UEL, participou do evento “Multiplicadores 2011”, que aconteceu na Universidade Presbiteriana Mackenzie, na cidade de São Paulo, de 03 a 05 de agosto. O evento tem como objetivo a discussão de idéias e ações acerca do Design Possível junto a professores, estudantes e profissionais da área de Design.

O Projeto "Multiplicadores" busca integrar diferentes ONG's ou núcleos sociais que tenham algum tipo de envolvimento com trabalho sustentável, geração de renda, apoio comunitário e outros tipos de ações, como forma de realizar uma troca de informações e experiências. Desta maneira, a meta do projeto é a identificação e solução de possíveis problemas de todas as áreas, com destaque para o Design.

Essa foi a segunda edição do evento, que contou com a participação de várias Instituições de Ensino Superior, inclusive a UEL. A professora Cristianne Cordeiro Nascimento foi responsável pela palestra de abertura, que trazia o tema: "Design Sustentável em micro-empreendimento social: a geração de trabalho e renda em comunidade artesanal".

Mais informações sobre o Projeto "Multiplicadores" podem ser obtidas pelo site: http://multiplicadores2011.wordpress.com/.

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Computação oferece o curso Desafio Digital

Agência UEL

O Departamento de Computação da UEL está com inscrições abertas até o dia 10 de setembro para o curso de extensão Desafio Digital (WebSite, Simulador de Robôs e Games).

O curso tem a carga horária de 90 horas, sendo 4 horas presenciais e 86 horas à distância, e contempla três áreas muito utilizadas e procuradas atualmente.

As aulas começam em 15 de setembro e prosseguem até 15 de dezembro, com certificado pela UEL. O investimento é de R$150,00 ou duas vezes de R$75,00 para a comunidade externa e de R$120,00 ou duas vezes de R$60,00 para a comunidade interna. As vagas são limitadas.

As inscrições podem ser feitas no site www.uel.br/eventos ou na secretaria do Departamento de Computação/CCE. Mais informações pelo fone (43) 3371-4678, no site www.dc.uel.br ou e-mail secretaria.dc@uel.br

terça-feira, 9 de agosto de 2011

27ª Semana de Matemática

Estão abertas as inscrições para a 27ª Semana da Matemática. O evento acontece de 29 a 31 de agosto, das 08:00h às 22:30h, no Anfiteatro Maior do Centro de Letras e Ciências Humanas (CLCH) da UEL.

Durante o evento serão oferecidos minicursos e palestras ministradas por professores do Departamento de Matemática da UEL e de outras Instituições de Ensino Superior, com o intuito de promover o intercâmbio entre pesquisadores, docentes e estudantes de Matemática. A semana também proporciona a interação entre pesquisadores renomados da área com grupos de pesquisa locais, divulgando, assim, as linhas de pesquisas desenvolvidas no Departamento de Matemática da UEL e promovendo a troca de experiências entre docentes, pesquisadores e estudantes de pós-graduação.

O evento é promovido pelo Centro de Ciências Exatas (CCE) e Departamento de Matemática. A coordenação é da professora Neyva Maria Lopes Romeiro.

As inscrições podem ser feitas até o dia 29 de agosto, diretamente na secretaria do Departamento de Matemática. Mais informações pelo site: http://www.mat.uel.br/semana2011 e pelo telefone 3371-4226.

Campanha pela Cidadania e Solidariedade em Londrina

Jornal de Londrina


Começa domingo em todo o Brasil a nona edição da Semana Nacional pela Cidadania e Solidariedade. Em Londrina, parte da programação - que inclui o lançamento de um gibi da “Turminha pela paz” sobre o desarmamento - será organizada pelo Conselho Municipal de Cultura de Paz (Compaz), ONG Londrina Pazeando e movimento Nós Podemos Londrina. O responsável pelo movimento, Luis Claudio Galhardi, comenta que a cultura de paz se baseia em valores como solidariedade e fraternidade, e que é possível alcançá-la com atitudes cotidianas. “Precisamos resgatar os valores humanos, porque a desumanização gera violência. Estamos muito virtuais e ficamos de cara fechada com quem trabalha ao nosso lado. É preciso abraçar, sorrir, dar a mão, cumprimentar as pessoas, agir como há alguns anos, quando todo mundo se conhecia”, defende.

Para Galhardi, a violência tem sido superexplorada, inclusive pelos meios de comunicação. Para ele, isso pode ser combatido com “pequeninas coisas, capazes de gerar um efeito dominó”.

O próprio movimento Nós Podemos Londrina promove ações nesse sentido. Em 2009, 800 pessoas se reuniram para abraçar o Lago Igapó e, em 2010, esse número subiu para 1500. Galhardi acredita que a tendência é que a mobilização cresça neste ano. Outra iniciativa é o “abraço grátis” no calçadão, que causa reações bastante diversas nas pessoas que passam pelo local e são abordadas pelos participantes. “O ser humano precisa ser cuidado. Só o fato de observar alguém já faz diferença”, diz Galhardi.

Desigualdades

Para Celso Melchíades, que é vice-presidente da Federação Comunitária das Associações de Moradores do Paraná (Fecampar) e presidente do site FocoLondrina (criado para levar as reivindicações da população aos responsáveis), o primeiro passo para se criar uma cultura de paz é a conscientização a respeito das desigualdades sociais. “Construir cadeia não auxilia na segurança; e não é dando cesta básica que se resolve a situação. É preciso um debate sobre o que é desigualdade, para que ela seja combatida na raiz.”

O padre Edivan Santos, da Pastoral Carcerária de Londrina, explica que a paz tem várias compreensões, mas a maioria das pessoas se lembra dela como sinônimo de segurança, ou seja, como uma experiência externa. Para ele, a violência está ligada a fatores como vulnerabilidade social, consumo e tráfico de drogas e impunidade. Apesar disso, a paz está para além do estrutural e só pode ser atingida pelo “caminho do amor”.

Além de uma educação mais humanista e humanizadora, o padre acredita que a religião deve ser um elo de paz entre as diferentes igrejas. “A religião tem que promover a paz. Meu encontro com Deus precisa me enviar para o encontro misericordioso com o outro. E nas catequeses que temos dado, fica claro que as crianças dão um show em cultura de paz.”

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Último dia para inscrição do Fórum sobre Trabalho e Saúde

Encerram-se hoje as inscrições para o "III Fórum Trabalho e Saúde: Saúde e Precarização do Homem que Trabalha", que será realizado nos dias 10 e 11 de agosto, no Anfiteatro e na Sala de Eventos do CCH e nas salas de aula do CESA.

O objetivo do evento é contribuir para a promoção do diálogo multidisciplinar em torno do eixo temático "Trabalho e Saúde", criando um espaço de interlocução entre as áreas das ciências sociais, da saúde e jurídicas, cujo propósito é fomentar empírica, técnica e cientificamente o debate acerca dos impactos do trabalho na saúde do trabalhador.

A promoção é do Departamento de Psicologia Social e Institucional, do Centro de Ciências Biológicas da UEL e a coordenação é do professor André Luís Vizzaccaro Amaral.

A programação completa do evento e a ficha de inscrição estão disponíveis no site http://www.estudosdotrabalho.org. Mais informações pelo telefone 3371-4487.

Professor da UEL participa de workshop internacional

O evento mostrou a técnicos africanos algumas iniciativas paranaenses que auxiliam o pequeno produtor agrícola


O professor Ricardo Ralisch, do Departamento de Agronomia da UEL, participou do Workshop “South-south learning journey”, iniciativa do Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola (IFAD) entre os dias 10 e 16 de julho de 2011 em cidades paranaenses. Segundo o professor, o workshop foi criado com intenção de criar uma rede de trabalho, uma network, entre os participantes para continuar o trabalho iniciado nestas oficinas. O grupo participante foi formado por 35 pessoas; sendo 20 técnicos dos países africanos Gana, Lesoto, Malawi, Mali, Mauritânia, Moçambique, Quênia Tanzânia e Zâmbia.

O workshop foi organizado pela Federação Brasileira de Plantio Direto na Palha (FEBRAPDP), e contou com a participação direta do Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), do Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER); Embrapa Cecat – estratégia e capacitação; Universidade Federal de Santa Maria (RS) e da Universidade Estadual de Londrina (UEL), representada pelo professor Ricardo Ralisch – que também exerce um cargo administrativo na FEBRAPDP.

De acordo com Ralisch, o Paraná foi o estado brasileiro escolhido pelos aspectos histórico e logístico, “O nosso estado tem uma experiência forte em agricultura familiar, foi aqui no Paraná que teve a origem do plantio direto. Além do fato de que iniciar e terminar o workshop em cidades que possuem aeroportos internacionais facilitou a organizar a participação dos estrangeiros”.

O grupo realizou oficinas nas cidades de Irati, Pato Branco, Coronel Vivida, Missal, Santa Helena e Foz do Iguaçu. As atividades foram diversas como visitas de campo a agricultores e as instalações de pólos tecnológicos e estações experimentais do IAPAR e da ITAIPU. Além da apresentação de iniciativas para o desenvolvimento da agricultura sustentável que deram certo no Paraná, como programas municipais e cooperativas de micro crédito e de comercialização de produtos.

O foco foi em apresentar técnicas paranaenses, principalmente o Sistema de Plantio Direto (SPD) e Rotação de Culturas. Mesmo já existindo diversos projetos que tentam introduzir o plantio direto na Africa, Ricardo Ralisch afirma que não se pode dizer que foram bem sucedidos. “Os motivos principais são diferenças de realidades climáticas, físicas e sociais da África para a realidade daqui”, diz.

Ricardo Ralisch ainda citou a importância de que seja feito um levantamento dos problemas de cada país para que se busque a solução correta para cada caso. “Eu conduzi esse workshop com a filosofia de que não adianta transferir a tecnologia brasileira para ser aplicada na África. O ideal é criar em alguns países da África, por meio desses projetos que existem lá, para se buscar alternativas para a solução de problemas específicos que eles enfrentam lá. Acreditamos que isso seja possível com essa network criada agora”, afirma o professor.

O trabalho realizado com os 20 técnicos de países africanos visou demonstrar a experiência paranaense, para que eles, em seus respectivos países e projetos, atuem na motivação da população. Segundo o professor Ralisch, “incutir nas pessoas essa sensação de que é possível mudar”.

Intercâmbio

Alguns africanos vêm para o Brasil para ser capacitar no Ensino Superior, na graduação e pós-graduação, como programas de mestrado e doutorado. Existem convênios entre o Brasil e países africanos por meio do Ministério de Relações Exteriores. Dentre o grupo que participou do workshop em julho, dois técnicos do Malawi já estão providenciando a vinda para Londrina no ano que vem para se capacitarem.

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

CCH abre inscrições para curso de italiano e palestras

Agência UEL

Estão abertas até 15 de agosto as inscrições para o curso de extensão em Língua e Música Italiana – canções infantis, folclóricas, clássicas e nacionais – e as palestras “A emigração veneta no Brasil” e “O sistema universitário brasileiro e italiano em confronto”. Inscrições no Departamento de Letras Estrangeiras Modernas (LEM), no Centro de Letras e Ciências Humanas (CCH).

Com 25 vagas em cada horário, o curso vai ser realizado de 15 a 19 de agosto, na sala 173, do Instituto de Referência em Ciências Humanas (IRCH), no CCH, das 10 horas às 11h40, para professores e das 17h30 às 19 horas, para alunos. O público alvo é formado por professores de Italiano de Londrina e região e alunos das disciplinas de Italiano do LEM e interessados no idioma Italiano. Já as palestras, direcionadas para a comunidade externa e interna, serão nos dias 16 e 17 de agosto, às 19h30, na sala 102, do CCH.

O objetivo do curso é contribuir para a formação e atualização de alunos e professores, no sentido de desenvolver conceitos linguísticos e extralinguísticos com foco no ensino da Língua Italiana por meio da música. O programa do curso prevê uma introdução panorâmica à música italiana, desde a antiguidade até os dias atuais.

O curso e as palestras serão ministrados pela professora Giorgia Miazzo, pós-graduanda da Università Cá Foscari di Venezia e pesquisadora do dialeto veneto. Jornalista e tradutora, a professora viveu em países da América Central e do Sul, inclusive no Brasil, onde ensinou italiano e realizou pesquisas linguísticas, sobretudo, com relação ao Talian, língua falada no Rio Grande do Sul que se originou do dialeto veneto. A iniciativa faz parte da série de eventos que serão promovidos durante o este 2º semestre de 2011, em comemoração aos 150 anos da Unificação da Itália e oficialização da língua italiana.

Com coordenação da professora Márcia Rorato, do LEM, os cursos e palestras são promoção do CCH e do Departamento de Letras Estrangeiras Modernas – área de Italiano. Conta com o apoio do Vice-Consulado Italiano de Londrina e da Associação Cultural Italiana de Londrina I Bravissimi, Hotel Crystal e Fiat Marajó.

A inscrição no curso custa R$ 40,00 para professores e R$ 20,00 para alunos e demais interessados. A palestra sobre A emigração veneta tem inscrição a R$ 10,00. Para a palestra sobre O Sistema Universitário Brasileiro e Italiano a inscrição custa R$ 5,00. Mais informações pelo telefone 3371-4468.

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Curso de Secretariado Executivo recebe inscrições para eventos

Estão abertas as inscrições para a 17ª Semana do Curso de Secretariado Executivo e o 7º Encontro de Estudos Científicos de Secretariado Executivo (ECISEC). Os eventos acontecem de 19 a 23 de setembro deste ano, das 19 às 23 horas, no Anfiteatro do CESA. Inscrições no endereço http://www.uel.br/eventos/semanadesecretariado/.

O objetivo é oportunizar a divulgação de pesquisas e trabalhos acadêmicos desenvolvidos por professores, estudantes de pós-graduação, graduação e profissionais da área, e áreas correlatas.

Outro foco dos eventos é o intercâmbio entre os profissionais da área que atuam em Instituições de Ensino Superior, Organizações públicas e privadas, para a valorização e integração dos saberes construídos por esses agentes em ambientes acadêmicos e organizacionais. A palestra de abertura será com o professor Sérgio Luiz Hilleheim, com o tema “A intermediação das relações interpessoais no processo de gestão da qualidade: a construção do eu do outro”.

Com coordenação da professora Neusa Maria Orthmeyer Massarutti, do Departamento de Administração, a Semana e o Encontro são promovidos pelo Centro de Estudos Sociais Aplicados (CESA) e Departamento de Administração. Mais informações no Departamento de Administração no telefone 3371-4275.

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Site de projeto da UEL divulga economia solidária de Londrina


Você sabe o que é Economia Solidária?

“Economia Solidária é um jeito diferente de produzir, vender, comprar e trocar o que é preciso para viver. Sem explorar os outros, sem querer levar vantagem, sem destruir o ambiente. Cooperando, fortalecendo o grupo, cada um pensando no bem de todos e no próprio bem.” Está é a definição encontrada no site Prosol – empreendimentos solidários.

O site foi criado para divulgar o trabalho dos grupos atendidos pelo projeto de extensão da UEL, “Rede de Comercialização e Apoio a Produtos e Serviços de Organizações de Socieconomia”, coordenado pelo professor do Departamento de Economia, Sinival Osorio Pitaguari.

O projeto trabalha com os grupos atuantes na Economia Solidária no município de Londrina; priorizando os grupos atendidos pela Incubadora Tecnológica de Empreendimentos Solidários (INTES), centro de referência de economia solidária.

Ainda de acordo com o site, a economia solidária compreende uma diversidade de práticas econômicas e sociais organizadas sob a forma de cooperativas; associações; clubes de troca; empresas autogestionárias; redes de cooperação; entre outras, que realizam atividades de produção de bens, prestação de serviços, finanças solidárias, trocas, comércio justo e consumo solidário.

Assim, permite que a população de regiões com baixos índices de pobreza encontrem alternativas de trabalho; e assume uma posição de resposta favorável à inclusão social.

Por meio do endereço www.projetoprosol.com.br, pode-se conferir os grupos envolvidos, bem como conhecer os produtos do trabalho de cada empreendimento solidário atendido pelo projeto de extensão da UEL.